quarta-feira, 15 de junho de 2016

O Rei Inchado







O Rei Inchado
Texto de Maria João Lopes
Ilustrações de Catarina Correia Marques
Máquina de Voar (2014)





Uma feira de vaidades onde tudo se vende! Brilho, talentos, troféus... Qualquer tipo de vaidade pode ser ali negociada. O rei, claro, por vaidade própria e consequentemente pela sua fraqueza tudo comprou e claro, depressa inchou com tanta vaidade!
A metáfora da superioridade, personalizada num rei caprichoso, caricaturando o poder e o indivíduo que tão centrado no narcisismo não consegue olhar os seus semelhantes: "a impossibilidade física de uma pessoa tão vaidosa ter os pés assentes no chão." 
A ilustração de decoupage, com contornos a grafite, na sua montagem digital, permitem evidenciar as diferentes texturas que intensificam os desenhos. 
Um livro de 40 páginas (peca, infelizmente, pela ausência de numeração nas paginas) que de modo hilariante evidencia os desvarios do poder e da frivolidade humana. 

Elvira Cristina Silva

Sem comentários:

Publicar um comentário