sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

DEU-ME O NOME LIBERDADE O AVÔ AGOSTINHO DA SILVA


DEU-ME O NOME
LIBERDADE
O AVÔ AGOSTINHO DA SILVA
Arquivo (2016)




Editado pelo Arquivo-Bens Culturais,  Deu-me O Nome LIBERDADE  o Avô Agostinho da Silva, com texto de Patrícia Martins e ilustrações de Tenório, é o livro que dá a conhecer aos mais novos a vida do citado pensador.
Através do seu olhar observador, o gato, personagem protagonista, logo bem evidente na capa, é o peculiar guia da narrativa que acompanha o percurso da vida e do pensamento do homem a quem se deseja prestar homenagem. O personagem, baptizado com o nome de Liberdade, duplo sentido claro, está, para o sinónimo da autonomia felina e obviamente, também humana, conceito que o pensador tanto prezava como essencial para a felicidade individual.
Em forma de rima, o texto elucida os leitores mais novos, sem deixar de enternecer adultos reflexivos sobre o posicionamento individual do Ser. Numa paleta de cores neutra de técnica mista, com soltas e livres perspetivas que distorcem o real, a ilustração condensa e alarga num só plano a mensagem, numa perfeita consonância entre ambas, na explanação de cada página. Congruência logo evidenciada na capa, ao nível intertextual.
Uma janela aberta ao pensamento e de incentivo para um maior conhecimento sobre o filósofo pensador, que reputava mais importante o Ser do que o Ter.


Elvira Cristina Silva

in: Newsletter Pró-Inclusão (Nov 2016) pág. 9


Sem comentários:

Publicar um comentário