terça-feira, 7 de março de 2017

Uma última carta



Uma última carta
Antonis Papatheodoulou
Iris Samartzi
Kalandraka (2016)



No seu último dia de trabalho, antes de se reformar, o carteiro de toda a ilha, tinha ele próprio a sua noticia para partilhar. Estranhamente porém, naquele último dia, as cartas teriam que ser entregues por baixo das portas fechadas ao invés do que era costume na relação individual com cada destinatário. Uma última carta reservava ao protagonista, o carteiro Costas, uma surpresa especial.
O texto de Antonis Papatheodoulou numa ode carinhosa e poética à profissão de carteiro, transporta-nos com toda a nostalgia para um tempo, fora da era digital, onde a palavra escrita partilhada, aproximava os indivíduos. As ilustrações de  Iris Samatzi completam esta homenagem genuína. Uma paleta de cores pastel, com predominância de azuis e ocre numa viagem mediterrânica, a par da utilização da linha nos contornos e ainda com recurso à utilização de elementos tridimensionais fotografados, numa composição final digital. A ilustração é soberbamente enriquecida com pormenores de colagem que remetem para o universo do sistema de comunicação homenageado, como selos, envelopes, carimbos e fotografias, contribuindo para a narrativa que se desenlaça do conteúdo da bolsa do carteiro em cada carta entregue.
Numa embalagem cuidada, a simular um envelope lacrado de onde se retira a carta, toda a obra se constitui como um elemento artístico, desde as guardas que iniciam e rematam a narrativa, resultando num livro ímpar que aborda os afectos e a nostalgia eminente da componente humana na partilha da memória.
Merecidamente foi vencedor do IX Prémio internacional de Compostela para álbuns ilustrados em 2016.


Elvira Cristina Silva

in: Newsletter nº 106 da Pin- Pró-Inclusão (fevereiro 2017) pág. 9

Sem comentários:

Publicar um comentário